As quatro estações em Portugal

22/06/2008 at 12:09 pm Deixe um comentário

 

Verão

Hoje o dia está bastante quente. Dá para matar um pouquinho da saudade do calor do Brasil. As crianças estão nos últimos dias de aula, os pais já estão se preparando para as férias, é verão. Bom, oficialmente o verão Europeu começa amanhã, dia 21 de Junho e é a época mais esperada de todas pelos Portugueses.

Quando cheguei aqui não tinha noção do que é verão, do que são as estações. Cheguei no inverno e naquele ano choveu tanto em Dezembro que as pessoas diziam que estavam já criando mofo. Mas tudo era novidade e levei algum tempo para reparar nas 4 estações. É exatamente como nos ensinam na escola, 4 estações bem definidas. Chega o inverno, chega o frio, chegou a primavera, as flores abriram, parece uma programação cronometrada e bem dirigida.

Por falar em primavera, lembro o que diz a minha sogra, e ela o diz porque já é um dito popular “Portugal é um jardim à beira mar”. Que país lindo e cheio de flores. No caminho para o trabalho vejo tapetes de flores amarelinhas, são os trevos. No Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa, a diversidade de cores e flores deslumbra a vista. As papoulas vermelhinhas na beirada da estrada são as minhas favoritas.

Mas sinto-me obrigada a fazer um elogio às outras estações também. O verão é o mais querido porque também é o mais rápido. Alguns meses de calor e mais da metade do ano de frio e casacos. No verão as creches montam programações para levar as crianças para as praias, os privilegiados são aqueles que ainda têm menos de 13 anos. As praias ficam lotadas de crianças, os educadores fazem marcações na areia, cada círculo cercado por fita colorida é de uma creche diferente e é uma coisa como não se vê no Brasil. A alegria da despreocupação. Os pais, enquanto trabalham suspiram porque gostavam também de estar lá. Em Agosto quase todo mundo viaja, fica tudo calmo, um sossego. A cidade fica cheia dos turistas que escapam para o sul em busca do calor.

O outono é lindo. Folhas caindo por todo o lado. Caminhar com o barulho do estalar das folhas por baixo dos pés. O início do frio, a proximidade do Natal.

O inverno pode ser frio mas os dias são em geral claros e cheios de sol. É um contraste andar pela rua com casaco até os pés, cachecol e com um sol forte batendo no rosto. O inverno exibe uma exuberância da flora. E a natureza começa a guardar as suas forças para florescer na primavera.

Mas agora os gramados e jardins bem cuidados dos Portugueses já começam a mostrar umas pontinhas amarelas. Em breve, ao andar pelas estradas, vamos começar a ver as matas amareladas e ressequidas pelo calor do verão, mas a verdade é que ninguém vai se incomodar. Os olhos vão estar todos postos no litoral e os jovens vão andar à solta com suas pranchas e suas músicas, torcendo para não chegar a próxima estação.

 

Autor: Ana Bia correspondente de Portugal

Foto: Cabo da Roca

 

About these ads

Entry filed under: Ana Bia correspondente de Portugal. Tags: .

Radio Única Voz/podcast, no AR. Ex-primeira-dama Ruth Cardoso, morre aos 77 anos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Bianca Povoleri Produções


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: